Pesquisar este blog

quarta-feira, setembro 07, 2016

Preso padrasto suspeito de matar a facadas a enteada de 15 anos em Porto Alegre

Preso padrasto suspeito de matar a facadas a enteada de 15 anos em Porto Alegre Divulgação/Polícia Civil

Reni Gerald, que estava foragido, foi surpreendido por agentes do Departamento de Homicídios no HPS terça à noite

Terminou no HPS, na noite desta terça, a caçada da Polícia Civil a Reni Miranda Gerald, o Charutinho, suspeito de matar a facadas a enteada, Sandy Adriane Mello Rodrigues, 15 anos, na madrugada de 28 de agosto, dentro da casa da família, no bairro Cristal, região da Vila Cruzeiro, zona sul de Porto Alegre. Ele é suspeito de também ter estuprado a vítima antes de mata-la. O laudo pericial que confirmaria a violência sexual ainda é aguardado pela 6ª DHPP. Em depoimento, o suspeito negou o estupro.

Desde a data do crime, agentes do Departamento de Homicídios estavam no encalço do suspeito. Durante a apuração, ele chegou a atender ao telefonema de um dos agentes encarregados da investigação, que propôs a ele se apresentar à polícia. Reni, que já era foragido antes de cometer o crime e, desde o dia 29 de agosto estava com prisão preventiva decretada pelo homicídio, teria desdenhado: "Se conseguir, me prende".

O cerco seguiu e, na noite de terça, ele teria dado entrada no hospital usando um nome falso. Agentes que o monitoravam perceberam e o surpreenderam. Não houve resistência. Ele foi atendido no HPS e, depois de liberado, encaminhado ao Departamento de Homicídios.


Reni tinha um relacionamento recente com a mãe da menina e, naquela madrugada, teria ficado em casa para cuidar das crianças enquanto ela vendia lanches na região central de Porto Alegre.

zh.clicrbs

Governo define nova data para o ‘Enem dos concursos’; CNU será em 18 de agosto

  O Ministério da Gestão divulgou, nesta quinta-feira (23), a nova data para o Concurso Público Nacional Unificado (CNPU), que ficou conhec...