Pesquisar este blog

segunda-feira, agosto 29, 2016

'Contava sonho com filho morto', diz cunhada de mulher atropelada no CE

Mulher de 42 anos estava na varanda com o marido e cunhados. (Foto: Reprodução/TV Verdes Mares)Dona de casa morreu atingida por carro quando estava em casa.

Motorista foi autuado por homicídio e por embriaguez ao volante.

O corpo da dona de casa Adriana Andrade da Silva, 43, que morreu neste domingo (28) ao ser atingida por uma caminhonete quando estava na varanda da casa no Bairro Vicente Pinzon, foi velado e enterrado na manhã desta segunda-feira (29). O motorista foi autuado por homicídio e embriaguez ao volante. A cunhada da vítima, Francisca Maria, que estava com a mulher, lembra que no momento do acidente ela contava sobre um sonho com o filho de 11 anos, que morreu em 2010.

O marido de Adriana, Francisco José da Silva, que também estava na varanda quando o carro invadiu a casa, conta que eles eram casados há 20 anos e tentavam ter outro filho. "Ela engravidou duas vezes depois da morte do meu filho, e perdeu os dois também. Estava tentando ter outro filho, mas não estava dando certo. Infelizmente aconteceu isso agora. Mais uma dor grande", diz José.

O velório aconteceu na casa da sogra de Adriana, também no Bairro Vicente Pinzon, e reniu amigos e familiares, indignados e revoltados com o caso. Para a família, a despedida foi ainda mais difícil. "Ela estava dentro de casa, não estava na rua. Como sempre, imprudência no trânsito", lamenta a irmã, Liliane Andrade.

O sepultamento aconteceu nesta manhã, no Cemitério São Vicente de Paulo, no Bairro Mucuripe. A casa onde aconteceu o acidente, na Rua do Morro, amanheceu fechada com tapumes.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que o motorista do suspeito foi levado à Perícia Forense, onde foi constatado que ele havia ingerido bebida alcoólica. O homem foi autuado por homicídio e por embriaguez ao volante. O advogado de defesa disse que é preciso esperar o laudo da perícia.

Acidente

O acidente ocorreu por volta das 10h30 da manhã deste domingo (28), segundo os familiares da vítima. Adriana Andrade da Silva estava na companhia do marido Francisco José da Silva e de dois cunhados quando o motorista da caminhonete perdeu o controle do veículo e atingiu a dona de casa.


De acordo com moradores, a caminhonete vinha descendo pela Rua Alba Cora, no Vicente Pinzon, quando bateu em uma mureta de proteção. O motorista perdeu ainda mais o controle do veículo,  atingiu uma motocicleta que estava estacionada na rua e, em seguida, invadiu a casa, imprensando a dona de casa contra a parede.

Os vizinhos afastaram o veículo e levaram a mulher para o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), mas ela já chegou sem vida à unidade hospitalar. As outras três pessoas sofrerem ferimentos leves, foram medicados e liberadas.

g1CE

Governo define nova data para o ‘Enem dos concursos’; CNU será em 18 de agosto

  O Ministério da Gestão divulgou, nesta quinta-feira (23), a nova data para o Concurso Público Nacional Unificado (CNPU), que ficou conhec...