Pesquisar este blog

sexta-feira, setembro 25, 2015


Greve dos bancos tem início previsto para o próximo dia 30

Categoria não acredita em acordo com os banqueiros, visto que as últimas rodadas de negociações não foram satisfatórias



Por Saulo de Castro

Nova rodada de negociações foi agendada para esta sexta-feira (Foto: Alberto Leandro/Portal No Ar)
Nova rodada de negociações foi agendada para esta sexta-feira (Foto: Alberto Leandro/Portal No Ar)

Os bancários do Rio Grande do Norte definiram para o próximo dia 30 o indicativo de greve da categoria. Na segunda-feira (28) haverá uma assembleia para avaliar os resultados da nova rodada de negociações prevista para esta sexta-feira (25) com representantes da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).
De acordo com Marcos Tinoco, diretor de comunicação do Sindicato dos Bancários do RN, a categoria não acredita em acordo com os banqueiros, nem com o governo, visto que as últimas rodadas de negociações não foram satisfatórias.
“Definimos nosso indicativo de greve e ele será mantido, a única forma revogarmos nossa decisão é se foram apresentadas propostas satisfatórias dentro do que a categoria reivindica que é um reajuste de 32%”, disse.
Com a greve vários atendimentos que dependem do funcionamento interno ficarão prejudicados. Entre eles estão: a retirada de seguro desemprego; saque de FGTS; abertura de contas e saques de cheques.
Marcos Tinoco explica que os terminais de autoatendimento continuarão funcionando normalmente, além dos correspondentes bancários e transações via internet. Além do reajuste salarial de 32%, os bancários reivindicam ainda a contratação demais funcionários.
A campanha salarial dos bancários tem como tema principal, este ano, a saúde do trabalhador. O Comando Nacional apresentou uma pauta rebaixada à Fenaban, pleiteando reajuste de 16%.
No entanto, o Sindicato dos Bancários do Rio Grande do Norte (SEEB RN) compõe a Frente Nacional de Oposição Bancária (FNOB) e leva em consideração outros fatores para compor o índice de 32%.
O índice leva em consideração as perdas nos bancos privados, pois se fossem levados em consideração às perdas nos bancos público o valor ultrapassaria os 90%.

Portal no AR

Governo define nova data para o ‘Enem dos concursos’; CNU será em 18 de agosto

  O Ministério da Gestão divulgou, nesta quinta-feira (23), a nova data para o Concurso Público Nacional Unificado (CNPU), que ficou conhec...